quarta-feira, 13 de maio de 2009

Anjos... de quatro patas!




Existem pessoas que não gostam de cães.
Estas, com certeza, nunca tiveram em sua vida um amigo de quatro patas.
Ou, se tiveram, nunca olharam dentro daqueles olhos para perceber quem estava ali.
Um cão é um anjo que vem ao mundo ensinar amor.
Quem mais pode dar amor incondicional
Amizade sem pedir nada em troca
Afeição sem esperar retorno
Proteção sem ganhar nada
Dormir ao seu lado!
Fidelidade 24 h por dia?
Ah, não me venham com essa de que os pais fazem isso...
Porque os pais são humanos
Se irritam, se afastam.
Um cão não se afasta mesmo quando você o agride
Ele retorna cabisbaixo, pedindo desculpas por algo, que talvez não tenha feito.
Lambendo suas mãos a suplicar perdão
Alguns anjos não possuem asas
Possuem quatro patas, um corpo peludo
nariz de bolinha, orelhas de atenção
olhar de afliçã e carência
Apesar dessas aparências
São tão anjos quanto os outros (aqueles com asas)
e dedicam-se aos humanos tanto quanto qualquer anjo costuma dedicar-se.
Que bom seria se todos os humanos pudessem ver a humanidade perfeita de um cão!

(autor desconhecido)

1 comentário:

gasparzinha disse...

E a minha Bulma achava mesmo que era um anjo e voava!
A correr atrás da bola, caiu de uma altura de 5 m!!!!!
Parece impossível que não se tenha magoado. Que nada, continuou, a correr, a brincar, o Ricardo continua pasmo.
Anda sempre de volta dela a apalpá-la para se certificar de que não tem nada partido.
Gostei do texto!
:)
Beijinhos.